Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-ministro francês fez regressar a França o seu dinheiro que não tinha declarado

Lusa

  • 333

Toulouse, 19 mai (Lusa) -- O ex-ministro do Orçamento francês Jérôme Cahuzac declarou, numa entrevista hoje publicada, que fez regressar a França o dinheiro que tinha no estrangeiro e não declarou e que não se vai candidatar a deputado.

"Fiz a repatriação dos montantes em litígio. Estão em França à disposição da justiça. Pagarei a minha dívida e vou doar o restante a instituições de caridade em Villeneuve", declarou Cahuzac numa entrevista ao diário regional La Dépêche du Midi.

Cahuzac foi forçado a deixar o Governo a 19 de março e confessou a 16 de abril numa declaração televisiva que tinha uma conta bancária na Suíça com cerca de 600 mil euros, que foi transferida para Singapura, depois de meses a negar publicamente esta situação.