Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-líder da seita de Macau "14K" afirma ter dado cerca de 10 ME a governantes portugueses

Lusa

  • 333

Macau, China, 18 jul (Lusa) - O ex-líder da seita de Macau "14 K" (quilates) Wan Kuok Koi - mais conhecido por "Dente Partido" - afirmou ter dado cerca de 100 milhões de patacas (9,5 milhões de euros) a governantes portugueses, em entrevista à revista Next.

"Se não acreditam em mim podem perguntar aos próprios portugueses. Dei-lhes muito porque com a transferência de Macau para a China pensei que eles iam ficar sem dinheiro. A verdade é que foram eles que sempre me pediram. Naquela época não era difícil para mim, devo ter dado cerca de cem milhões", disse Wan Kuok Koi em entrevista à Next, revista em língua chinesa de Hong Kong, cujos excertos são publicados na edição de hoje do jornal Hoje Macau.

Naquela que é primeira entrevista desde que foi libertado a 01 de dezembro, depois de mais de 14 anos de prisão, "Dente Partido" não cita, no entanto, nomes em concreto.