Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-guarda-redes da Real Sociedad Westerveld confirma injeções mas nega doping

Lusa

  • 333

Redação, 06 fev (Lusa) -- O ex-futebolista Sander Westerveld admitiu, num artigo publicado hoje na revista holandesa Voetbal International, que quando era jogador da Real Sociedad alguns jogadores eram injetados antes e depois dos jogos, mas negou a utilização de substâncias proibidas.

A revelação do ex-guarda-redes Sander Westerveld surge após as declarações do ex-presidente da Real Sociedad Iñaki Badiola, que revelou a existência, quando chegou à direção do clube espanhol, de um "saco azul" para a compra de substâncias dopantes.

"Durante as sete épocas anteriores à nossa direção, os responsáveis do clube geriam um fundo extraordinário para a compra de medicamentos e produtos considerados dopantes", defendeu Iñaki Badiola, presidente da Real Sociedad entre janeiro e dezembro de 2008.