Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-funcionários exigem um milhão às câmaras de Ourém, Tomar e Ferreira do Zêzere

Lusa

  • 333

Tomar, 05 set (Lusa) - Ex-funcionários da extinta empresa intermunicipal Astaq. reclamam há mais de uma ano quase um milhão de euros às câmaras de Ourém, Tomar e Ferreira do Zêzere respeitantes a indemnizações, disse hoje à Lusa um dos trabalhadores.

A 30 de julho de 2012, 13 trabalhadores foram informados da cessação do contrato a 31 de agosto, data em que deveriam ser pagos todos os créditos salariais, explicou a ex-diretora da empresa, Maria Paula Pavia.

Os trabalhadores avançaram com uma ação no Tribunal de Trabalho de Tomar a exigir 930.728,13 euros, que foi contestada pelas autarquias, que defendem um valor de indemnização "substancialmente menor, correspondendo a metade ou menos de metade do que é reivindicado", adiantou à Lusa o presidente da Câmara de Tomar, Carlos Carrão.