Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-dirigente chinês Bo Xilai acusa ex-chefe da polícia de mentir em julgamento

Lusa

  • 333

Jinan, China, 25 ago (Lusa) -- O julgamento contra Bo Xilai prossegue na segunda-feira, depois de o ex-dirigente chinês ter hoje acusado o seu antigo "número dois" de mentir.

Na sessão de hoje, na qual foi analisado o testemunho prestado no sábado por Wang Lijun, Bo Xilai, ex-secretário geral do Partido Comunista em Chongqing, no centro da China, rejeitou as acusações do seu antigo subordinado, que acusou de mentir.

Bo Xilai negou que o antigo chefe da polícia lhe tenha revelado, durante uma briga entre ambos, a 29 de janeiro de 2012, que a mulher do ex-dirigente, Gu Kailai, tinha assassinado dois meses antes o empresário britânico Neil Heywood.