Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-diretor de fiscalização denuncia ao Ministério Público "graves ilegalidades" na construção de barragem

Lusa

  • 333

Pampilhosa da Serra, 04 fev (Lusa) -- O ex-diretor de fiscalização da construção da nova barragem do Alto Ceira, concelho da Pampilhosa da Serra, denunciou ao Ministério Público (MP) "graves irregularidades e ilegalidades" na execução da obra, disse hoje o próprio à agência Lusa.

Na participação ao MP, o engenheiro civil Mário Cabral alegou que foi alvo de "despedimento ilegal", que a entidade patronal justificou com "cessação do posto de trabalho", no dia 31 de julho de 2012.

No entanto, o seu lugar foi ocupado no dia seguinte por uma nova diretora de fiscalização, a qual, segundo o queixoso, "não tem as habilitações legais" para exercer tais funções.