Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-diretor de fiscalização da barragem do Alto Ceira "foi dispensado" para reduzir custos - empresa

Lusa

  • 333

Pampilhosa da Serra, 04 fev (Lusa) - A empresa responsável pela fiscalização da construção da nova barragem do Alto Ceira disse hoje que o ex-diretor Mário Cabral "foi dispensado" no termo do "prazo contratual" e numa ótica de redução de custos.

Numa nota enviada à Lusa, a COBA afirma que Mário Cabral "foi dispensado da obra no termo do prazo contratual, porque se entendeu que as atividades por executar à data, e durante o período de prorrogação da execução da empreitada, poderiam ser fiscalizadas por uma equipa mais reduzida, assim se minorando os custos".

O ex-diretor de fiscalização denunciou ao Ministério Público (MP) "graves irregularidades e ilegalidades" na execução do empreendimento, o que foi hoje negado pela EDP.