Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-diretor da CIA assume que ataque a consulado dos EUA na Líbia foi terrorismo

Lusa

  • 333

Washington, 16 nov (Lusa) - O ex-diretor da CIA David Petraeus assegurou hoje que considerou, desde o início, como terrorismo o ataque ao consulado norte-americano em Benghazi, na Líbia, noticiaram as agências internacionais, citando um congressista republicano.

David Petraeus falou no Congresso norte-americano, em audiência à porta fechada, onde disse, segundo o eleito republicano Peter King, que era claro, desde o princípio, que terroristas estiveram implicados no ataque ao consulado.

A 11 de setembro, quatro norte-americanos, incluindo o embaixador Christopher Stevens, foram assassinados num ataque a dois complexos diplomáticos em Benghazi.