Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-deputado do PS Carlos Lopes foi condenado a 11 anos de prisão e recorre de sentença

Lusa

  • 333

Coimbra, 29 jan (Lusa) -- O ex-deputado do PS Carlos Lopes foi condenado a 11 anos de prisão pelos crimes de corrupção, peculato e falsificação de documentos, mas vai recorrer da sentença "absurda", disse hoje o seu advogado, Magalhães e Silva.

O deputado eleito por Leiria para a legislatura 2005-2009 e chefe de gabinete do último governador civil de Leiria tinha sido absolvido pelos mesmos crimes pelo tribunal de Figueiró dos Vinhos, a 18 de novembro de 2011.

O Ministério Público interpôs recurso desta sentença para a Relação de Coimbra, instância superior que mandou repetir o julgamento na Sertã. "Vamos recorrer. É uma sentença absurda. Mesmo que os factos estivessem comprovados, o que está longe de acontecer, seria uma sentença absurda. Não faz qualquer sentido", disse Magalhães e Silva à agência Lusa um dia após a leitura do acórdão.