Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ex-administradora da Gebalis gastou 11.500 euros em refeições com cartão da empresa

Lusa

  • 333

Lisboa, 30 mai (Lusa) - A ex-administradora da Gebalis acusada de peculato e de administração danosa confirmou hoje em tribunal que pagou 11.530 euros em refeições com os cartões de crédito da empresa municipal de Lisboa, apesar de receber subsídio de alimentação.

Clara Costa justificou as dezenas de almoços e jantares, muitos em restaurantes dos mais conceituados e caros de Lisboa e arredores - alguns acima dos 300 euros, outros realizados aos fins de semana, férias ou feriados -, como sendo "reuniões de trabalho" e "ao serviço da Gebalis", responsável pela gestão dos bairros municipais.

Além disso, entre março de 2006 e outubro de 2007 - período em que esteve no cargo -, a ex-administradora assumiu que realizou 15 viagens ao estrangeiro, pagas também com os dois cartões de crédito da empresa, os quais, em conjunto, tinham um "plafond" mensal de 12.500 euros.