Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Europol ajudou Polícia Judiciária na descoberta de 1.901 notas falsas de 200 euros

Lusa

  • 333

Porto, 20 fev (Lusa) -- As 1.901 notas de 200 euros falsas apreendidas no Grande Porto são de "excecional qualidade" e só foi possível descobri-las após uma investigação internacional que juntou Judiciária e Europol, disse hoje a coordenadora de Investigação Criminal da PJ/Porto.

"Esta falsificação é muito boa, tem uma ótima qualidade, não só pelo papel, mas também por ter na sua execução um conjunto de elementos de segurança que fazem com que a nota pudesse passar mesmo naquelas máquinas de infravermelhos", explicou a coordenadora de Investigação Criminal Damiana Neves, acrescentando que a marca de água é o elemento com pior qualidade.

As notas falsas de 200 euros, cuja contrafação foi feita no estrangeiro, foram apreendidas na posse de um indivíduo de 46 anos, que circulava com o valor total de 380.200 euros, explicou Damiana Neves, numa conferência de imprensa realizada hoje à tarde, referindo que a investigação se prolongou por cerca de um mês.