Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Europeus de canoagem poupavam "100 a 150 mil euros" com modelo de gestão dos CAR

Lusa

  • 333

Montemor-o-Velho, 13 jun (Lusa) - O presidente da Federação Portuguesa de Canoagem considerou hoje que poderia ter poupado "100 a 150 mil euros" nos Europeus de Montemor-o-Velho, caso o modelo de gestão dos Centros de Alto Rendimento (CAR) já vigorasse.

"O facto de não termos modelo de gestão do CAR faz com que tenhamos de optar por soluções provisórias. Se houvesse um, muitos destes investimentos podiam ser definitivos. Verdadeiramente potenciados, eficazes, repercutir-se-ia no futuro. Já há solução teórica para a gestão, mas não na prática", disse.

Em declarações à agência Lusa sobre a competição, orçada em 700 mil euros e que decorre de sexta-feira a domingo, o dirigente recorda que a infraestrutura já recebeu vários eventos internacionais e tem outros agendados e que as federações precisam investir sistematicamente em "soluções que são sempre temporárias, não estruturais".