Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Eurogrupo e FMI em desacordo quanto à Grécia

Lusa

  • 333

Bruxelas, 12 nov (Lusa) - O presidente do Eurogrupo e a diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI) mostraram hoje o seu desacordo quanto à data em que a Grécia deve ter a sua dívida nos 120% do Produto Interno Bruto (PIB).

"Há uma forte probabilidade de o prazo ser adiado para 2022" em vez de 2020, como previsto até aqui, afirmou Jean-Claude Juncker, presidente do grupo dos ministros das Finanças da zona euro, em conferência de imprensa à margem de uma reunião do Eurogrupo esta noite em Bruxelas.

A diretora-geral do Fundo, Christine Lagarde, por seu lado, reiterou que a data limite "é 2020": "Temos as nossas divergências, estamos a trabalhar e a tentar resolvê-las", acrescentou, citada pela agência France Presse.