Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Eurodeputada questiona Bruxelas sobre portugueses despejados no Luxemburgo

Lusa

  • 333

Luxemburgo, 03 de out (Lusa) -- A eurodeputada do Bloco de Esquerda Marisa Matias desafiou hoje a União Europeia a pedir explicações ao Luxemburgo sobre o despejo de 15 portugueses, exigindo ao país que "respeite a dignidade dos mesmos".

Num requerimento hoje entregue com carácter prioritário, a eurodeputada questionou a Comissão Europeia sobre o despejo do grupo de portugueses do Foyer de Muehlenbach, a maior residência social no Luxemburgo para trabalhadores com dificuldades económicas, impondo-lhes um prazo para sair até 01 de janeiro de 2014.

O caso foi hoje revelado à Lusa pela Associação de Apoio aos Trabalhadores Imigrantes (ASTI). Os trabalhadores foram notificados por carta pelo Gabinete Luxemburguês de Acolhimento e Integração (OLAI, na sigla em francês) para deixarem aquela residência social "no prazo de três meses", um prazo que a ASTI considera "demasiado curto", denunciando ainda casos de "vulnerabilidade" entre os trabalhadores despejados.