Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Euro/Crise: Samaras acusa políticos europeus de criarem sentimento de insegurança nos investidores

Lusa

  • 333

Berlim, 23 ago (Lusa) -- O primeiro-ministro grego, Antonis Samaras, criticou os políticos alemães, austríacos e holandeses por criarem um sentimento de insegurança nos investidores, ao pedirem a saída da Grécia do euro, numa entrevista a um jornal alemão publicada hoje.

"Garanto que cumpriremos. A Grécia está decidida a mudar e mudará. No entanto, é preciso não assustar os investidores. De cada vez que um político alemão, austríaco ou holandês pede a nossa saída do euro pergunto-me como posso, perante isso, privatizar as empresas públicas?", interrogou-se Samaras.

"Que empresário vai investir em euros temendo que depois receba em dracmas?", acrescentou na entrevista ao Süddeutsche Zeitung.