Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Euro/Crise: Rajoy insta europeus a defender o euro como "um projeto irreversível"

Lusa

  • 333

Los Cabos, México, 18 jun (Lusa) - O chefe do Governo espanhol defendeu hoje que os países do euro presentes no G20 - Espanha, Alemanha, França e Itália - têm posições "idênticas", considerando que é chegado o momento de afirmar "com toda a clareza" que o projeto do euro é "irreversível".

Em declarações aos jornalistas pouco depois de aterrar em Los Cabos, no México, para participar na sua primeira cimeira do G20, Mariano Rajoy defendeu a sua aposta numa união fiscal e bancária na Zona Euro, recusando a comentar a relutância da Alemanha relativamente a algumas das propostas que implicam uma maior integração económica.

"É verdade que há coisas que não se podem fazer num curto espaço de tempo, mas há que começar a dar passos na direção certa. Creio que, substancialmente, todos os europeus partilham isso", disse o chefe de governo, quando questionado acerca da pressão que poderá exercer sobre a chanceler alemã, Angela Merkel, durante a cimeira.