Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Euro/Crise: Probabilidade de Grécia e Portugal saírem do euro é de 85% - Megan Greene

Lusa

  • 333

Atenas, 02 jul (Lusa) - Uma economista próxima de Nouriel Roubini, tido como o primeiro a prever a crise financeira de 2008, disse hoje que há "uma probabilidade de 85 por cento" de a Grécia e Portugal saírem do euro.

Num colóquio anual organizado em Atenas pelo jornal britânico The Economist, que nunca escondeu as suas dúvidas sobre a manutenção da Grécia na Zona Euro, Megan Greene, diretora de estudos europeus da empresa do analista Nouriel Roubini, afirmou que a Grécia deverá ser a primeira a abandonar a moeda única.

"Estimamos que há uma probabilidade de 85 por cento de ver a Grécia e Portugal saírem da Zona Euro. Na minha opinião, a Grécia vai ser o primeiro país a sair e isso vai acontecer no início do próximo ano", afirmou Greene.