Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Euro/Crise: Presidente do Bundesbank contra alargamento do mandato dos bancos centrais

Lusa

  • 333

Berlim, 01 ago (Lusa) - O presidente do banco central alemão (Bundesbank), Jens Weidmann, voltou a recusar o alargamento do âmbito do mandato dos bancos centrais, incluindo o Banco Central Europeu (BCE), prometendo defender "energicamente" esta posição.

"Continuaremos a defender por todos os meios e a todos os níveis as suas posições, para que a união monetária continue a existir como união de estabilidade", garantiu Weidmann em entrevista ao jornal interno do Bundesbank na sexta-feira passada, mas só hoje tornada pública.

O ex-conselheiro económico da chanceler Angela Merkel lamentou ainda que haja "tentativas de todos os governos da zona euro para colocar os bancos centrais ao serviço dos seus objetivos, e quer se trate dos juros ou de medidas especiais, no fim de contas o que querem é que os bancos centrais apoiem as suas políticas orçamentais".