Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Euro/Crise: Mário Monti diz que crise da dívida alastrou a Itália e país tem que evitar resgate

Lusa

  • 333

Roma, 20 jul (Lusa) - O primeiro-ministro italiano, Mário Monti, disse hoje, em Roma, que a crise das dívidas soberanas alastrou à Itália e que o país tem que fazer tudo o possível para evitar um resgate financeiro.

Na conferência de imprensa que se seguiu ao conselho de ministros, Mário Monti acrescentou que a "turbulência financeira" enfraqueceu a confiança no projeto da moeda única, mas sublinhou que a Itália não precisa de medidas adicionais para aumentar as receitas e fortalecer as finanças públicas.

Os custos dos empréstimos de Itália têm aumentado de forma constante nas últimas semanas por receio que o Governo italiano não seja capaz de lidar com o aumento da dívida pública.