Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Euro/Crise: Emissão conjunta de dívida só depois de uma "verdadeira união orçamental" - Schäuble

Lusa

  • 333

Berlim, 05 jun (Lusa) - O ministro das finanças alemão, Wolfgang Schäuble, exigiu hoje uma maior integração europeia e "uma verdadeira união orçamental" para combater a crise na zona euro, em entrevista ao jornal de economia Handelsblatt.

"Antes de falarmos sobre a gestão conjunta da crise da dívida, precisamos de uma verdadeira união orçamental, porque até agora falta à União Monetária a interligação entre política monetária e política orçamental"", afirmou o político democrata cristão.

Assim, quando o parlamento alemão (Bundestag) votar o Tratado Orçamental e o novo Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE), se possível antes das férias de verão, como pretende o executivo de Angela Merkel, "tem de se pensar na união orçamental como o próximo passo", disse Schäuble.