Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Euro/Crise: Economista-chefe do BCE defende intervenção nos orçamentos nacionais, em caso de emergência

Lusa

  • 333

Berlim, 21 set (Lusa) - O chefe do gabinete de estudos económicos do Banco Central Europeu (BCE), Peter Praet, exigiu hoje a criação de uma instituição europeia para controlar os orçamentos nacionais dos Estados membros, em caso de emergência.

Em artigo publicado no boletim mensal do Ministério das Finanças alemão, o economista belga defendeu que sejam dados "passos rápidos e corajosos" para aprofundar a integração europeia, se necessário através de intervenções na soberania orçamental dos países da zona euro.

"Só assim será possível repor o funcionamento eficaz da União Económica e Monetária", disse o membro do diretório do BCE.