Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Euro/Crise: Berlim descarta taxa sobre transações financeiras antes do final de 2013

Lusa

  • 333

Berlim, 10 jun (Lusa) -- O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schaeuble, considerou hoje pouco provável a adoção de uma taxa europeia sobre as transações financeiras até às eleições legislativas alemãs, no outono de 2013.

"Não teremos muito rapidamente uma taxa europeia sobre as transações financeiras", disse Schaeuble, em declarações ao canal de televisão alemão ARD, respondendo a uma pergunta sobre a possibilidade da nova política nascer antes das legislativas alemãs.

Schaeuble falava depois do líder do Partido Social Democrata, o maior partido da oposição, Sigmar Gabriel, ter dito, na quinta-feira, que tinha chegado a acordo com o governo quanto à aprovação da lei sobre a taxação das transações financeiras.