Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Euro/Crise: Acordo de compra de dívida no mercado secundário não perdeu validade - MNE alemão

Lusa

  • 333

Roma, 04 jul (Lusa) -- O acordo para ajudar as economias da zona euro mais vulneráveis continua válido mas exige o "envolvimento total" dos Estados-membros da União Europeia (UE), disse hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros alemão, Guido Westerwelle.

O ministro alemão responde assim às dúvidas expressas pela Finlândia, a Holanda e a Eslováquia quanto ao acordo da cimeira europeia da passada semana, que permite utilizar o fundo europeu de resgate para comprar dívida soberana dos países da zona euro no mercado secundário.

"O que foi acordado pela UE continua válido", disse Westerwelle, em declarações à imprensa, antes de um encontro hoje, em Roma, entre o primeiro-ministro italiano, Mario Monti, o maior apoiante -- e inspirador - do acordo, e a chanceler alemã, Angela Merkel.