Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EUA/Terrorismo: Departamento Estado prevê "declínio" da Al-Qaida e vê Irão como maior ameaça

Lusa

  • 333

Washington, 31 jul (Lusa) - O Departamento de Estado norte-americano acredita que a Al-Qaida entrou numa "trajetória declínio difícil de inverter" após a morte de Bin Laden e identifica o Irão como maior instigador de atentados terroristas internacionalmente.

A conclusão consta do relatório Terrorismo 2011, elaborado para o Congresso norte-americano e hoje apresentado em Washington, que indica que o número de atentados no ano passado foi o mais baixo desde 2005, sem qualquer incidente terrorista nos Estados Unidos.

O Irão, refere-se no documento, é o "maior fomentador mundial de atividades terroristas", tendo aumentado o seu envolvimento em 2011, que passa por oferecer dinheiro e apoio a grupos terroristas e militantes por todo o Médio Oriente, em particular aos movimentos islâmicos palestinianos Hamas e Hezbollah e mesmo aos talibãs no Afeganistão.