Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EUA/Escutas: Presidente cubano lamenta que as atenções estejam concentradas em Snowden

Lusa

  • 333

Havana, 08 jul (Lusa) -- O Presidente de Cuba, Raul Castro, defendeu no domingo o direito dos países latino-americanos de concederem asilo ao ex-técnico da CIA Edward Snowden e lamentou que as atenções não estejam concentradas nos sistemas de "espionagem global" dos EUA.

"Apoiamos o direito soberano da Venezuela e de todos os Estados da região de conceder asilo aos que são perseguidos pelos seus ideais ou luta pelos direitos democráticos, segundo a nossa tradição", disse Castro num discurso perante a Assembleia Nacional cubana.

Esta foi a primeira declaração pública de Raul Castro sobre o caso, mas o Presidente cubano não precisou se recebeu também um pedido de asilo de Snowden nem se permitirá a sua passagem pela ilha.