Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EUA/Eleições: "Vice" republicano Paul Ryan promete "Governo limitado"

Lusa

  • 333

Nova Iorque, 30 ago (Lusa) - O candidato republicano a vice-presidente dos Estados Unidos, Paul Ryan, afirmou hoje que um "Governo limitado" será prioritário para uma administração Mitt Romney, divergindo das administrações Obama e Bush reduzindo o peso do Estado na economia.

O discurso de aceitação de Ryan, congressista escolhido por Romney para "número dois" da candidatura às presidenciais norte-americanas de novembro, foi o ponto alto da segunda noite de trabalhos da Convenção republicana, que decorre em Tampa, Florida, com tónica na falta de resultados da administração Obama a nível económico e financeiro.

"Num claro corte com os anos Obama, e francamente com os anos antes deste presidente [de George W. Bush], vamos manter a despesa federal a 20 por cento do PIB, o que é suficiente. A escolha é se impomos limites rígidos ao crescimento económico ou ao tamanho do Governo e nós escolhemos limitar o Governo", adiantou Ryan, na sua intervenção de cerca de 30 minutos.