Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EUA vão usar Internet e redes sociais para combater o extremismo islâmico

Lusa

  • 333

Washington, 24 jan (Lusa) -- A Secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, prometeu quarta-feira que os Estados Unidos vão usar a Internet e as redes sociais na sua luta contra a Al-Qaida e outros grupos extremistas islâmicos.

A líder da pasta dos Negócios Estrangeiros do Governo de Barack Obama, de saída do cargo, explicou que o Departamento de Estado tinha criado duas organizações para lidar contra a violência extremista" na Internet e utilizando ferramentas como o Twitter para combater o anti-americanismo online.

"As redes sociais são uma ferramenta excelente" assinalou Hillari Clinto que falava no Congresso ao explicar o ataque à missão dos Estados Unidos em Benghazi, na Líbia, há quatro meses.