Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EUA têm visões diferentes quanto aos destinos de Mubarak e Morsi no Egito

Lusa

  • 333

Washington, 23 ago (Lusa) - Os EUA veicularam na quinta-feira posições diferentes sobre os ex-líderes do Egito, defendendo que o destino do antigo Presidente egípcio Hosni Mubarak é um assunto interno e que o seu sucessor Mohamed Morsi, deposto em julho, deve ser libertado.

O Departamento de Estado norte-americano tem sido questionado há vários dias pela imprensa internacional sobre as posições aparentemente paradoxais quanto ao antigo líder Hosni Mubarak (1981-2011) e ao Presidente islamita deposto Mohamed Morsi (2012-2013).

Com 85 anos, o ex-presidente egípcio Hosni Mubarak deixou na quinta-feira a prisão e foi transferido para um hospital militar no Cairo, depois de um tribunal ter ordenado a sua libertação.