Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EUA: Obama qualifica ataque de Benghazi como "terrorista"

Lusa

  • 333

Washington, 21 set (Lusa) -- A Presidência dos Estados Unidos qualificou de "terrorista" na quinta-feira pela primeira vez o ataque ao consulado norte-americano em Benghazi, em 11 de setembro, que causou a morte ao embaixador Christopher Stevens, noticia a AFP.

Enquanto a embaixadora dos EUA na Organização das Nações Unidas, Susan Rice, recusou na segunda-feira especular sobre o caráter terrorista do ataque, que redundou na morte de quatro norte-americanos, argumentando com falta de informação, o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, fez a classificação na quinta-feira.

"O que se passou em Benghazi foi um ataque terrorista", declarou Carney, a bordo do avião presidencial Air Force One, assim designado quanto tem a bordo o Presidente.