Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EUA não vigiam europeus ou norte-americanos - Obama

Lusa

  • 333

Berlim, 19 jul (Lusa) -- O Presidente norte-americano, Barack Obama, assegurou hoje que os serviços de informações não vigiam as mensagens de correio eletrónico dos cidadãos europeus ou norte-americanos e prometeu desclassificar parte do programa de vigilância de comunicações PRISM.

Obama, que falava numa conferência de imprensa após um encontro, em Berlim, com a chanceler Angela Merkel, defendeu o programa de interceção de comunicações telefónicas e via internet da Agência Nacional de Segurança (NSA), cuja revelação provocou polémica nos Estados Unidos e na Europa.

O Presidente norte-americano defendeu que se conseguiu o "equilíbrio adequado" entre segurança nacional e liberdades civis e privacidade, mas prometeu desclassificar parte do PRISM para melhorar a transparência do programa e tranquilizar a população.