Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EUA: Força Aérea escolheu mulher para unidade básica de treino após denuncias de violência sexual de recrutas

Lusa

  • 333

San Antonio, Estados Unidos, 16 set (Lusa) -- A Força Aérea norte-americana escolheu uma mulher para liderar a sua unidade básica de treino onde dezenas de mulheres recrutas alegam terem sido alvo de violência sexual ou assédio no último ano por parte de instrutores masculinos.

A coronel Deborah Liddick vai assumir o comando do 737º grupo de treino da base aérea de Lackland, em San António, na próxima semana.

A nomeação de Deborah Liddick acontece numa altura em que o próprio Congresso está atento ao que se passa naquele que é um dos mais requisitados centros de treino do país.