Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EUA esperam dificuldades nas negociações com os talibãs

Lusa

  • 333

Cairo, 22 jun (Lusa) -- O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, reconheceu hoje no Qatar que o início das negociações com os talibãs é difícil, no dia da chegada ao país do emissário especial norte-americano encarregado de negociar com o movimento fundamentalista islâmico.

"Nada vem de forma fácil", disse o chefe da diplomacia dos Estados Unidos no final de uma conferência da liga dos Amigos da Síria na capital do Qatar, Doha, agradecendo aos responsáveis daquele emirado.

Há quatro dias alguns responsáveis dos talibãs abriram um escritório no Qatar para começar o diálogo, tendo em vista o fim do conflito no Afeganistão.