Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EUA: CNN criticada por divulgar diário de embaixador morto na Líbia

Lusa

  • 333

Los Angeles, Estados Unidos, 23 set (Lusa) - Um porta-voz do Departamento de Estado norte-americano criticou a CNN por divulgar o diário pessoal do embaixador dos Estados Unidos morto na Líbia, Christopher Stevens, contra a vontade da família.

O canal de notícias divulgou uma notícia na internet no sábado informando ter encontrado um diário pertencente a Chris Stevens, quatro dias após a morte do embaixador num ataque realizado a 11 de setembro ao consulado norte-americano em Benghazi, na Líbia.

O porta-voz do Departamento de Estado, Philippe Reines, disse que a CNN quebrou uma promessa à família da vítima de que não iria divulgar o diário.