Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EUA: Bispo norte-americano condenado por encobrir padres pedófilos

Lusa

  • 333

Nova Iorque, 24 jul (Lusa) -- O bispo norte-americano William Lynn foi condenado hoje a uma pena de prisão entre os três e os seis anos, pelo tribunal de Filadélfia, depois de ter sido considerado culpado de encobrimento de padres pedófilos, noticia a AFP.

Lynn é o mais alto responsável da Igreja católica nos Estados Unidos a ser condenado por encobrir padres pedófilos.

No fim de um processo que durou dez semanas, este religioso tinha sido considerado culpado, em junho, de colocar crianças em perigo.