Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EUA: Bill Clinton alerta que economia enfrenta "sequelas" da recessão e apoia corte de impostos

Lusa

  • 333

Washington, 06 jun (Lusa) -- O ex-presidente norte-americano Bill Clinton afirmou na terça-feira que a economia dos EUA está a enfrentar "sequelas" da recessão e apoia o prolongamento temporário dos cortes de impostos, que vencem no final do ano.

Numa entrevista ao programa "Closing Bell" da CNBC, Bill Clinton considerou um "erro" a insistência dos republicanos em prolongar de forma permanente os cortes de impostos, incluindo os da classe alta, promulgados durante a presidência de George W. Bush, mas apoiou a sua continuação temporária.

Como Obama, Clinton considera que quem recebe mais deverá pagar mais impostos e, por isso, considera que os cortes de impostos "não se deverão estender mais aos mais ricos".