Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EUA: Adiada execução na Florida para avaliar saúde mental de condenado

Lusa

  • 333

Florida, Estados Unidos, 27 set (Lusa) -- O governador do estado norte-americano da Florida, Rick Scott, adiou, esta quarta-feira, a execução de um homem para avaliar a sua capacidade mental para perceber a natureza da sentença e a razão pela qual foi decretada.

Numa ordem executiva de três páginas, o governador informa que a execução de John Errol Ferguson, 64 anos, acusado de matar oito pessoas nos Estados Unidos, programada para 16 de outubro "está suspensa temporariamente" até que uma comissão formada por um trio de psiquiatras apresente um relatório.

Os psiquiatras Wade Myers, Alan Waldman e Tonia Werner devem examinar o acusado no próximo dia 01 de outubro e entregar o relatório de avaliação ao governador do estado da Florida no dia seguinte.