Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

EUA: 12 penas de prisão perpétua para líder de piratas somalis que mataram quatro tripulantes de iate

Lusa

  • 333

Washington, 14 ago (Lusa) - Um juiz norte-americano condenou na segunda-feira a 12 penas de prisão perpétua o líder de um grupo de piratas somalis que participou no rapto e na morte de quatro tripulantes norte-americanos de um iate.

Mohammad Saaili Shibin foi condenado a dez penas de prisão perpétua consecutivas por pirataria e a outras duas por uso de lança-granadas e armas automáticas durante atos de violência, informou o Departamento de Justiça norte-americano, citado pela agência Efe.

Shibin era o chefe dos piratas que intercetaram, no ano passado, o iate norte-americano "Quest", na costa de Omã, no qual foram assassinados os seus quatro ocupantes.