Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estudo sobre salários no privado e público "é encomenda do Governo" - STE

Lusa

  • 333

Lisboa, 20 mar (Lusa) - O Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado (STE) considerou hoje uma "encomenda do Governo" com base nas pretensões da 'troika' o estudo que compara as práticas salariais no público e privado, apontando vários erros e deficiências no relatório.

"O estudo é uma 'encomenda' do Governo tendo por base o pretendido pela 'troika' [Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu]. Quanto custou? As suas conclusões não podiam ser diferentes", lê-se no comunicado do STE.

Entre as várias deficiências do relatório, o sindicato começa logo por frisar que os cortes introduzidos nos salários da função pública através das leis do Orçamento do Estado de 2011, 2012 e 2013 "não foram levados em consideração", pelo que as remunerações mensais do setor público mencionadas no estudo "não correspondem às que existem atualmente".