Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estudo pedido pelo Governo usa dados irreais e falsos - Associação de Guardas

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 mar (Lusa) -- A Associação Nacional de Guardas (ANAG-GNR) reagiu hoje com "estupefação, incredibilidade e preocupação" ao estudo encomendado pelo Governo sobre a Função Pública, afirmando que este "não apresenta dados reais e credíveis sobre as forças de segurança".

A ANAG-GNR reportava-se aos dados do estudo "Análise Comparativa da Remuneração do Setor Público e Privado" que o Ministério das Finanças encomendou à consultora Mercer.

No que refere às forças de segurança, e à GNR em particular, a ANAG diz que a metodologia de comparação usada é irreal e inexistente, pelo que os resultados apresentados são nulos.