Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estudo desaconselha consumo peixe comercializado em praia de Luanda por estar contaminado

Lusa

  • 333

Luanda, 16 dez (Lusa) - Um estudo efetuado ao pescado comercializado na praia da Mabunda, distrito da Samba, em Luanda, desaconselha a aquisição de peixe naquela zona devido aos altos níveis de contaminação microbiológica, que constituem "um risco à saúde pública".

Os dados do referido estudo, qualitativo e quantitativo, foram apresentados sexta-feira em Luanda, durante as XVI Jornadas Técnico-Científicas do Instituto Nacional de Investigação Pesqueira (INIP), órgão tutelado pelo Ministério das Pescas de Angola.

Duas empresas que praticam naquela praia a pesca semi-industrial, utilizando como arte de pesca o cerco, foram os alvos da pesquisa, que teve como objetivo obter informações sobre a qualidade microbiológica do pescado comercializado na Mabunda.