Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estudante de Setúbal renova mandato à frente da Federação de Estudantes do Politécnico

Lusa

  • 333

Redação, 22 fev (Lusa) - Lutar pela sustentabilidade financeira e internacionalização da Federação Nacional das Associações de Estudantes do Ensino Superior Politécnico (FNAEESP) e discutir o valor das propinas são objetivos do presidente daquela estrutura, que hoje inicia o segundo mandato.

A escassas horas de tomar posse na direção da FNAEESP, federação que congrega mais de 40 associações de estudantes federadas, Bruno Fragueiro, de 26 anos e estudante do 2.º ano de Engenharia eletrotécnica e de Computadores no Politécnico de Setúbal, afirmou que dois dos seus objetivos, para concretizar neste segundo mandato, são a "sustentabilidade financeira" e a "internacionalização" da FNAEESP.

Em entrevista telefónica à Lusa, o dirigente estudantil acrescentou que discutir se as propinas nos politécnicos vão aumentar no futuro, ou saber se os cortes de quatro mil milhões de euros anunciados pelo Governo vão afetar os politécnicos, são outros temas que preocupam a federação.