Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estradas: Diretor da Estradas de Portugal garante que entidade não escondeu "um euro" ao Tribunal de Contas

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 jun (Lusa) - O diretor de concessões da Estradas de Portugal, Rui Manteigas, disse hoje na Comissão de Inquérito às PPP que a entidade não escondeu "um euro" ao Tribunal de Contas (TC) quanto às concessões rodoviárias.

"Não há contratos paralelos. O que o TC referiu foram cartas que não acrescentam nem um euro aos contratos firmados entre a EP e as concessionárias, não são contratos paralelos", disse hoje o diretor de concessões da Estradas de Portugal, desde 2003, perante os deputados da comissão de inquérito às Parcerias Público-Privadas (PPP) dos setores ferroviário e rodoviário.

"Não há nada escondido, a relação com o TC tem sido transparente", garantiu Rui Manteigas respondendo às questões do deputado socialista Renato Sampaio.