Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estivadores podem voltar às greves contra baixos salários nos portos

Lusa

  • 333

Aveiro, 30 out (Lusa) - O presidente do Sindicato dos Estivadores, António Mariano, anunciou hoje, em Aveiro, a continuação da luta contra os baixos salários nos portos, afirmando que o Governo "pretende despedir todos os estivadores que ganhem mais de 500 euros".

"Não podemos aceitar este modelo que pretendem instalar. Estivemos em luta e vamos continuar em luta e vai-se saber disso nos próximos tempos, com maior exatidão", disse o sindicalista, que falava durante um debate sobre portos, promovido pelo Diário de Notícias.

Durante o debate, o presidente do Sindicato dos Estivadores contestou o modelo de gestão baseado no "baixo custo e velocidade alta" que está a ser implementado nos portos de Leixões e Sines.