Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estilos recreativos dos jovens são "questão de saúde pública" a exigir ação da enfermagem

Lusa

  • 333

Coimbra, 27 fev (Lusa) -- Os estilos recreativos dos jovens constituem "uma importante questão de saúde pública" em que os enfermeiros devem intervir, defende uma investigadora da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC), num estudo hoje divulgado.

Os resultados da investigação realizada em Portugal pela professora Maria de Lurdes Lomba "apontam para a necessidade de os enfermeiros assumirem os estilos recreativos juvenis como uma importante questão de saúde pública em que urge intervir".

Baseado em mais de 1.300 entrevistas a adolescentes e jovens adultos "frequentadores de ambientes recreativos noturnos", o estudo "vem confirmar a relação existente entre diversão noturna, consumo de substâncias psicoativas e comportamentos de risco", revelou a ESEnfC.