Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estaleiros de Viana absolvidos em processo movido por enfermeiros dispensados

Lusa

  • 333

Viana do Castelo, 26 jul (Lusa) - O Tribunal de Trabalho de Viana do Castelo recusou o pedido de indemnização de mais de 122 mil euros pedido por quatro enfermeiros dispensados pelos estaleiros navais daquele concelho e que se diziam vítimas de "despedimento ilícito".

Segundo a sentença deste processo, à qual a agência Lusa teve hoje acesso, o tribunal concluiu que "não existem elementos suficientemente fortes" para afirmar que estes profissionais mantinham "uma relação jurídica decorrente de contrato de trabalho", como alegavam.

O caso remonta a 2012 e chegou a julgamento no início deste ano, com os enfermeiros a afirmarem que o vínculo com os Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) era de contrato de trabalho, em regime de "falsos recibos verdes", e não de prestação de serviços, como entende a administração.