Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estados-membros devem agir urgentemente contra desemprego jovem - Bruxelas

Lusa

  • 333

Bruxelas, 31 mai (Lusa) -- O comissário europeu do Emprego disse hoje que os Estados-membros devem adotar "ações urgentes" para combater os "atuais níveis inaceitáveis de desemprego", sobretudo entre os jovens, tomando os passos concretos necessários para a implementação da 'garantia jovem'.

"A União Europeia e os Estados-membros têm que trabalhar em conjunto para mobilizar todos os instrumentos disponíveis para criar postos de trabalho e regressar a um crescimento económico sustentável", disse o comissário László Andor, numa reação aos dados atualizados sobre o desemprego na Europa hoje divulgados pelo gabinete oficial de estatísticas da UE, o Eurostat.

Lembrando que, nas recomendações específicas divulgadas na quarta-feira, o executivo comunitário "deixou claro que os Estados-membros devem tomar ações decisivas para combater os atuais níveis inaceitáveis de desemprego, em particular o desemprego dos jovens", Andor defendeu que, "mais especificamente, os Estados-membros devem urgentemente dar passos concretos para implementar a 'garantia jovem', tal como acordado pelo Conselho de Ministros" da UE.