Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estado pode ter de assumir créditos do BPN superiores a 100 ME - Ministra

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 jul (Lusa) - A ministra das Finanças afirmou hoje que o Estado poderá ainda assumir duas linhas de crédito com um valor superior a 100 milhões de euros que o BIC recusou aceitar quando comprou o BPN.

Maria Luís Albuquerque falava na comissão de Orçamento, Finanças e Administração Pública, em resposta a um agendamento potestativo do Bloco de Esquerda, depois de a 15 de julho, o jornal Público ter noticiado que o BIC, que pagou 40 milhões de euros pelo Banco Português de Negócios (BPN), já enviou para as finanças faturas de cerca de 100 milhões de euros ao abrigo do contrato de execução assinado com a atual ministra das Finanças.

No entanto, a ministra das Finanças disse não ter conhecimento deste valor, nem que tal tivesse acontecido, mas explicou, entretanto, que existe "um outro montante que é superior" relativamente a outro caso.