Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estado da Nação: PS "nunca fugiu ao diálogo", mas Governo tem de estar disponível para aceitar propostas - Seguro

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 jul (Lusa) -- O secretário-geral socialista afirmou hoje que o PS "nunca fugiu ao diálogo", mas que o Governo tem de estar "disponível" para aceitar "propostas concretas", numa resposta ao desafio do primeiro-ministro para que o PS colabore na preparação do próximo Orçamento.

"Na situação difícil em que o país está é muito importante que quem é Governo esteja disponível para o diálogo, mas também esteja disponível para aceitar que esse diálogo se traduza em aceitar propostas concretas", afirmou António José Seguro.

Seguro insistiu em que o PS tem apresentado "propostas concretas", que assegurou serem "cerca de 350", "desde o orçamento do ano passado".