Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estado da Nação: 2.º trimestre pode ter sido de crescimento, Portugal não pode parar agora -- Passos

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 jul (Lusa) - O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmou hoje que no 2.º trimestre deste ano pode ter-se registado crescimento económico, "ainda que tímido", e defendeu que "Portugal não pode parar agora".

O chefe do executivo PSD/CDS-PP deixou estas mensagens no seu discurso no debate sobre o 'estado da Nação', que terminou reiterando que assume a responsabilidade de conduzir a governação do país e de "fechar esta crise", sendo aplaudido de pé pela maioria parlamentar.

Depois de defender que "a ação reformista do Governo deu novos alicerces ao crescimento económico do futuro", Passos Coelho afirmou: "Sabemos que o 2.º trimestre deste ano pode já ter interrompido a sequência de dez trimestres consecutivos de recessão e nos ter devolvido ao crescimento, ainda que tímido".