Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estação espera que Câmara da Covilhã ajude com dívida de um milhão

Lusa

  • 333

Covilhã, 14 abr (Lusa) - A construção do Complexo Desportivo da Associação Desportiva da Estação (ADE) resultou numa dívida de um milhão de euros que a coletividade da Covilhã não consegue neste momento pagar, esperando o auxílio da Câmara Municipal.

Carlos Pinto, presidente da autarquia, disse estar empenhado em encontrar uma solução até ao final do mandato, enquanto o líder do clube, Vítor Rebordão, critica a inexistência, até ao momento, de qualquer apoio por parte do Governo no financiamento da obra, que tem sido paga pela edilidade e com contributos de empresas e particulares.

A conhecida coletividade covilhanense, com 400 atletas inscritos, tem atualmente uma dívida a fornecedores na ordem dos 500 mil euros e um encargo junto da banca que ultrapassa os 450 mil euros.